Desenrola: Governo federal anuncia programa de renegociação de dívidas para pessoas físicas que recebem até 2 salários mínimos

O governo federal anunciou um novo programa de renegociação de dívidas que pode alcançar 40 milhões de brasileiros. Nomeado de Desenrola, o programa terá foco em pessoas físicas que recebem até dois salários mínimos.

O Desenrola deve ser lançado já em fevereiro aos endividados e será utilizado um fundo com recursos da União para honrar as dívidas em casos de inadimplência, reduzindo os riscos para as instituições financeiras e se tornando atrativo para a categoria.

O Desenrola terá foco em pessoas físicas e famílias brasileiras que ganham até dois salários mínimos (atualmente até R$ 2.604) e que estão negativadas, ou seja, já estão com nome sujo.

Quem estiver nessa faixa e fizer adesão ao programa terá respaldo do Tesouro para cobrir inadimplências que venham a ocorrer.

O Desenrola ainda deve abrir espaço para uma segunda faixa de renda em condições diferenciadas, contemplando quem ganha mais de três salários mínimos (R$ 3.906). Nesse caso não haverá ajuda do Tesouro e os bancos assumiriam o risco sozinhos.

As instituições financeiras que quiserem participar do programa deverão oferecer um pouco de crédito para esta faixa, como requisito para entrar na faixa de dois salários mínimos, que não possui praticamente nenhum risco para o banco. (Contábeis)

Fonte: https://taxpratico.com.br/pagina/desenrola-governo-federal-anuncia-programa-de-renegociacao-de-dividas-para-pessoas-fisicas-que-recebem-ate-2-salarios-minimos

Postado em 24.01.2023.

Acesso rápido